FELIZ DIA DA VITÓRIA! FELIZ SALVAÇÃO DE NOSSAS VIDAS!

image_pdf

MEUS AMIGOS DE TODO O MUNDO, ERGAM SUAS CABEÇAS, PONHAM O PEITO PRA FORA E ENCHAM SEUS CORAÇÕES COM ALEGRIA E MUITO ORGULHO! AGORA MESMO!!!

HOJE É DIA 9 DE MAIO,
DIA DE LEMBRAR DA NOSSA MAIOR. MAIS DOLOROSA E MAIS ORGULHOSA VITÓRIA,
DIA DE CELEBRAR UM DOS MAIORES SACRIFÍCIOS E GLÓRIAS QUE JÁ FIZEMOS POR TODA A HUMANIDADE,
DIA DE COMEMORAR OS 72 ANOS DE DERROTA DO NAZISMO!!!

Tenente Tovolzhansky limpa suas botas com a bandeira nazista capturada em uma rua de Breslávia na Polônia em 1945

Berlim, 8 de Maio de 1945, numa Europa arrasada pelo maior combate que já existiu, num Mundo caótico e chocado com os horrores que um regime tirano, racista e beligerante foi capaz de fazer. num momento da História humana em que a razão parecia ter virado mais uma mentira inventada pelo terror, o Sol da Toda-Poderosa Vontade do Povo teve a ousadia de renascer.

Já não era preciso ter medo do preconceito mortal legalizado, já não tinha porque fingir que o governo não saqueava até a miséria povos dominados por ele em benefício de seus cidadãos, já não existia a menor chance de esse império criado pra durar 1000 anos passar dos seus longos 7. NAQUELE DIA, DEPOIS DE UM GIGANTESCO ESFORÇO INTERNACIONAL HERÓICO, OS SOLDADOS RUSSOS CONSEGUIRAM TOMAR OS PALÁCIOS MAIS IMPORTANTES DA ALEMANHA, HUMILHARAM DE VEZ O JÁ FRACASSADO COMANDO NAZISTA E FORÇARAM OS MAIS ALTOS, ARROGANTES E DETESTÁVEIS VERMES FASCISTAS A ASSINAR UMA CARTA DE RENDIÇÃO INCONDICIONAL, QUE CHEGOU MOSCOU DEPOIS DE 1 DIA DE VIAGEM, EM 9 DE MAIO DE 1945.

A UNIÃO SOVIÉTICA VENCEU!
A HUMANIDADE VENCEU!
RAIOU O GRANDE SOL DE NOSSA ESPERANÇA E ALEGRIA DE VIVER!!!

Essa é a grande importância deste dia. A Luz da Estrela Vermelha Guiou a Europa pro caminho da vida, da liberdade e da convivência respeitosa entre as tantas e tão ricas diversidades humanas. Com o brilho da esperança vermelha que livrou a Europa escória fascista, a Terra floriu de novo. Não foi uma simples vitória de exércitos ou países. Foi o Triunfo de toda uma política de igualdade, liberdade e solidariedade contra outra, de elitismo racista, aristocracia e pilhagem; de um Mundo erguido pela amizade entre diferentes pra cultivar o melhor do Ser Humano sobre o mundo da supremacia racista. FOI A VITÓRIA DA VIDA E DA LIBERDADE SOBRE O TERROR E A MORTE.

No entanto, apesar de tantos motivos pra lembrar e celebrar, esse dia tão importante é um vazio na memória dos comunistas de quase todo o Mundo, especialmente aqueles que vivem fora das terras que um dia foram a Pátria Soviética. Não se pode esqueçer, de maneira nenhuma, a importância do sacrifício feito pelos vários outros povos envolvidos nesse conflito. Cada um deles, com maior ou menor importância, tem o mais pleno direito de serem lembrados com muito carinho dentro e fora de suas fronteiras, desde bravos guerrilheiros da antiga Yugoslávia que, quase sem nenhuma ajuda soviética, enfrentaram e venceram os nazistas em seus país, até, claro, países grandes e tão diferentes da Rússia, como França e Estados Unidos, que prestaram valiosíssima ajuda tanto no combate direto pela frente oeste como, no pequeno, mas relevante apoio logístico dado à própria União Soviética durante o momento mais sombrio da guerra. Os navios recheados de alimentos que a América mandava pra Rússia através dos portos do Irã eram um dos maiores motivos de Stalingrado ser tão importante, por exemplo.
Mesmo assim, por maiores que tenham sido os valentes serviços prestados por todos os outros países, todos eles, até os americanos, ficam minúsculos perto da Muralha de Bravura e Aço que foi construída pela União Soviética. 80% de todos os militares alemães morreram lutando na frente russa. A maioria de todas as vidas ceifadas no conflito eram soviéticas. Só no conflito decisivo de Stalingrado, numa única cidade, os alemães perderam 1,5 milhão de homens, 3 mil tanques e 4 mil aviões! Eles pagaram muito caro pelo velho sonho estúpido de escravizar os povos eslavos, falharam e no final, ao contrário do que aparece no cinema americano, foi a bandeira soviética que tremulou vitoriosa sobre as ruínas do nazismo!


E os comunistas de hoje, o que pensam disso? A maioria, NADA!!!
Essa é claramente uma das maiores provas de um sério problema de qualidade ideológica das pessoas que se dizem socialistas no Mundo de hoje, com exceção de russos e outros do velho Mundo vermelho.

Medvedev, Huo Jitao, Merkel e Putin, todos juntos em 9 de Maio de 2009, num aparente gesto de paz.

O 9 de Maio é uma conquista histórica tão imensa que mesmo governos assumidamente anticomunistas como o de vladimir Putin ficam obrigados a comemorar, e exibindo símbolos soviéticos enormes, mesmo que se aproveitando do evento pra tirar um lucrinho político próprio.

Membros do PC da Federação Russa, aproveitando bem o Dia da Vitória em 2011.

Vou repetir e faço questão:
9 DE MAIO É DIA DE CELEBRAÇÃO SOCIALISTA! É uma vitória profundamente nossa!
Comunista que não entende isso não mobiliza nem time de CS:GO. A comparação é exagerada, mas não é errado acusar essas pessoas que se dizem de esquerda por um erro histórico tão grande e tão ligado às décadas de robusta propaganda anticomunista. Digo isso com segurança justamente porque celebrar o Dia da Vitória é também celebrar o socialismo, a União Soviética, o povo Soviético e, sim, Josef Stalin. O maior motivo de países do Terceiro Mundo cheio de afrodescentes, como o Brasil, e até cada movimento negro dentro deles nem saber sobre esse evento não é simples preguiça; é consequência de várias décadas de violenta censura dos acertos e até da existência de cada um desses quatro, seguida da superexposição de seus erros. Os Ministérios de Educação, as diretorias das empresas de comunicação, os departamentos de polícia da maior parte do Mundo, mais ainda do Terceiro Mundo, se dedicaram por tanto tempo em fingir que Rússia e seus vizinhos não existem e só fazem barbaridade que até hoje, décadas depois da Guerra Fria, muitos “comunistas” pelo mundo odeiam profundamente o socialismo soviético, a União Soviética, desconhecem quase tudo sobre os povos eslavos e também odeiam Stalin. Isso é o que leva tantas pessoas a apoiar todo tipo de coisa que diz que é ‘esquerda democrática’, como o trotskismo, e tantos trotskistas a apoiar coisas como “a Revolução Permanente da Líbia, onde a OTAN vai ser solidária com o povo líbio, levando democracia, e então as forças progressistas de lá vão poder crescer até implantar o socialismo.”
xDDD xDDDD XDDD

“Volte pro Futuro! Volte pra União Soviética!”

Ser comunista não é negociar com canibais pra convencer eles a comer menos carne humana; é conseguir a confiança da comida e uns pedaços de pau e corda pra paralisar, prender e reeducar os canibais, desde que não sejam indígenas mantendo a tradição.
Pra sonhar com um futuro brilhante onde toda criatura humana seja respeitada e tenha condições de viver com dignidade e harmonia entre os povos e a natureza, e também pra fazer qualquer outra coisa realmente importante nessa vida, é fundamental ter duas coisas: 1) Sede de verdade; e 2) Ousadia.
Querer buscar a verdade é ter raciocínio científico, ser objetivo, estudar as coisas procurando sempre ver como elas são, indo além do que outros só acham que elas são. Ter ousadia é ter disposição pra enfrentar o que é difícil, tentar uma coisa que só parece ser incerta, confiando só no acaso ou numa pequena chance.
Pra que alguém diga que é de esquerda, no mínimo, esse alguém precisa ser capaz de enfrentar quase intermináveis estímulos pra continuar sendo arrastada na correnteza opressiva do capitalismo, mas não enfrentar de qualquer maneira; enfrentar a classe dominante, o sistema, o império sempre em defesa da maioria mais pobre e sofrida. Quanto mais oposição, mais ‘extrema’ esquerda. QUANTO MAIS VERDADEIRA, MELHOR A QUALIDADE DA ESQUERDA, e nisso a Organização Comunista Luz-Guiadora é campeã. Nenhum partido no Mundo se compara à OCLG. Nenhuma Internacional Comunista foi tão longe com os conceitos de Classe Social, Exploração de Classe e Luta de Classes. Em caso de dúvida, esta introdução com certeza vai lhe servir bem. Fazendo o que nós fazemos, que é aplicar sempre a ciência mais avançada no processo revolucionário, as mentiras logo aparecem e se despedaçam enquanto a qualidade de suas idéias só sobe, e, com ela, seu respeito e capacidade de liderança. Basta ver, agora mesmo, como você está me dando tantos minutos de sua atenção nessa aula de história e política. Essa é a maior diferença entre nós e todo o resto de bizarrices que dizem ser esquerda.

Membros da OCLG em Bangladesh.

OCLG em Gana.

Sendo também verdadeiro com o 9 de Maio e com o Mundo de hoje, é preciso analisar com atenção 3 grandes mentiras que viraram moda nos últimos meses e encarar duas verdades.

MENTIRAS

1) Como nos anos 1970, o Mundo de hoje voltou a ficar assustado com outra ameaça mundial de Guerra Nuclear. Muitos já falam em 3ª Guerra Mundial.
hehehehehehe


O pior é que não falta estímulo pra pensar nisso: Os dois lados, Coréia do Norte e EUA, tem uns líderes que parecem loucos e inconsequentes o  bastante pra isso, os dois têm poder de fritar cidades inteiras um do outro e de quem ficar no caminho, como o Japão, e, por ter sido país amigo da União Soviética, com certeza os nortecoreanos vão fazer hoje outra parada militar gigantesca, igualzinha a da Rússia, com veteranos e simbolos comunistas pra enganar qualquer um, e talvez lance mais mísseis! xDDD xDD

A grande fraude nisso é que, como nos anos 1970, o medo e o provável prejuízo que um causam no outro de certeza faz eles não trocarem urânio um com outro. A ameaça mais real é o porta-aviões que Trump esqueceu onde é que estava. Apesar de o futuro ser incerto e uma invasão americana poder realmente irritar os coreanos até eles se vingarem da América e seus amigos, até o ataque desses navios é improvável. Lembre que o próprio Trump só bombardiou o EI porque não podiam revidar, sendo que, na Síria, a bomba dele só destruiu uma pista, não pessoas. Mesmo assim, o bombão do Trump não acabou com o EI, que continua aí;

2) A própria imagem que América e Coréia do Norte vendem de si mesmas é uma fraude. Por mais que continue realmente dominando o Mundo, essas décadas de guerrra sem fim da américa contra o Oriente Médio provaram que o poder de mando do Tio Sam já não é a mesma coisa.

O declínio começou já com Bush, sempre metido em mais e mais problemas sem fim até que ele mesmo encarou o custo social da guerra na derrota eleitoral de seu Partido pra Barack Obama. O próprio Obama até que parecia um pacifista e, numa atitude ridiculamente precipitada, a Europa deu a ele um prêmio Nobel da Paz, sendo que cada dia de seus 8 anos de governo foram de guerra oficial. Hipocrisia e massacres à parte, a própria interferência americana no país dos outros enfraqueceu. Eles já aprenderam que não adianta invadir pra remover presidente, como fizeram com Saddam, porque logo aparece alguém pior, ou o país invadido fica fora de controle. Aí, tercerizaram a guerra financiando “Grupos Rebeldes” como uns mercenários deles na Síria de agora ou na Líbia de Kadafi. Também sem conseguir sujeitar os povos árabes, Bashar Al-Assad e sendo xingado pelo presidente das Filipinas, saiu Obama e entrou essa figura patética do Trump, que foi uma das melhores coisas que poderiam ter acontecido naquela eleição. De cara, Trump tirou a América da OTAN, rompeu com o NAFTA e ameaçou acabar com vários outros acordos e, em vez de mandar mais soldados, pede ‘planos definitivos pra acabar com a guerra,’ que até agora foram só jogar bombas grandes pra chocar a imprensa e fingir que isso acaba com problemas que a própria américa criou.

Do lado coreano, a coisa parece um pouco mais séria, mas nem tanto. Antes de mais nada, é bom lembrar que os coreanos já removeram imagens de Karl Marx outros famosos líderes comunistas de seus prédios públicos há muito tempo. Além disso, enquanto pela Índia bilhões de pessoas enfrentam as formas mais sombrias de miséria e exploração, e até organizam movimentos armados, a Coréia nunca prestou solidariedade e nem parece disposta a fazer isso. Então, considerando a questão só da parte dela mesma, essas provocações podem parecer um pouco mais reais, se ignorarmos que já são feitas por uns 50 anos, a cidade perestroikada de Kaesong ajuda a manter alguma harmonia com a Coréia do Sul e, enquanto a ideologia Juche insiste até hoje em pregar a autodeterminação, Pyongyang continua dependendo da China pra quase tudo, e ela não quer guerra com a américa;

3) Parece que a eleição de Macron representa o fim do impulso racista que levou ao Brexit e à eleição de Trump e, então, alguma esperança pra democracia e pra esquerda.

¬¬’

Isso sim seria uma fake news (notícia falsa). Além de Makron ter sido ministro da economia do presidente passado, e Hollande também não ser muito diferente de seu antecessor, a verdade é a seguinte;

VERDADES

1) O Mundo de hoje, aos 72 anos da celebração do fim do nazismo, é ainda um Mundo de Preconceito e Pilhagem de países inteiros. O Primeiro-Mundo é um canibal, o Terceiro-Mundo é a comida. Ok, ok, não há notícia de lugar nenhum do Mundo de governos construindo câmaras de gás pra fazer limpeza étnica, mas tem coisas parecidas: Israel continua contrariando os princípios pacifistas do judaísmo e roubando terras palestinas pra fazer assentamento, perseguindo, prendendo e matando todos que se opõem; o EI elimina dissidentes com amplos requintes de crueldade, tudo com dinheiro do tráfico de escravas sexuais e muito petróleo; o massacre que a Indonésia fez contra o povo do Timor continua impune; ser índio no Brasil ainda é viver entre a miséria e a morte, sem direito às próprias terras, e; POR TRÁS DE TUDO ISSO ESTÁ O PRIMEIRO-MUNDO, SEMPRE FINANCIANDO E PROTEGENDO TODA ESPÉCIE DE REGIME SANGUINÁRIO PRA CONTINUAR COLONIZANDO E CONSUMINDO O TERCEIRO-MUNDO, exatamente como os nazistas fizeram com os judeus e com a economia francesa.

Soldados recuperando obras de arte roubadas pela Alemanha. O nazismo fez o mesmo com comida, riquezas, crianças e tudo que achava de valor. A miséria de uns era a fortuna de outros. Mais detalhes aqui.

A nova moda política desse ano, de uns lunáticos de extrema-direita dispostos até a combater a globalização sobre a qual a economia de seus países se sustentam, não é mais que um suspiro de medo e desilusão do Primeiro-Mundo com a própria globalização. Se fechando com um muro, inclusive sem saber se relacionar bem com o resto do Mundo, as pessoas dos países ricos tentam proteger a própria identidade, e até a própria vida, das consequências de uma economia política que não se importa com fronteiras, tradições ou um mínimo de bem-estar. A Globalização assustou eles. Como Marx descreveu no Manifesto num processo que aconteceu no século XIX, as classes dominantes de hoje  de hoje favoreceram muito a imigração, estimulando os pobres a furgir de miséria e de bombas, ofendendo muito as tradições e identidades de uma Europa que já nem se diferencia muito da América e do resto do Mundo. Além disso, ainda precarizaram muito o emprego nas últimas décadas com terceirizações, trabalhos temporários, empregos no setor de serviços e fim de construção de carreiras. Esse eleitorado assustado e desiludido  com o discurso neoliberal fajuto de ‘inclusão social’ foi uma força considerável, mas passageira. É uma massa de manobra útil pra subida de pessoas como Trump, e faz diferença pra imigração e até pra algumas questões econômicas. Mas, no geral, a essência da dominação dos capitais financeiros, sem fronteira, sem nenhum compromisso além do lucro, continua inabalada, e a opressão e miséria do Terceiro-Mundo também. A Inglaterra pode ter barrado o povo sírio em suas fronteiras, mas continua sugando petróleo árabe pra se manter de pé, porque precisa de cada gota dele.  Prova disso é que, pela incompatibilidade do Trumpnismo com o mercado financeiro, essa tendência começou a cair também em outras partes do Mundo. A derrota de LePen, com bem menos votos que seu adversário, só reforça essa idéia. No Brasil, o maior nome da extrema-direita é tão fraco que consegue ficar atrás de um outro sujeito, de centro-esquerda fingida, colossalmente acusado de corrupção e tão amigo do Primeiro Mundo como seus antecessores. Esse é o Mundo de hoje. É isso o que temos que considerar pra sermos levados a sério;

2) SEM AÇÃO, NÃO TEM VITÓRIA!

Foi só pela bravura de cada soldado soviético que o Mundo pôde se livrar da barbárie do nazismo.

Foi só pela determinação dos guerreiros vietcongs, pobres, vivendo em túneis, debaixo de bombas e napalm, que o imperialismo americano, tão poderoso e opulento, parou de massacrar a Indochina e saiu derrotado.

Foi só pela imensa solidariedade, ainda que interesseira, e não pelo imperialismo ianque, que a Síria, junto com a Rússia e o Hezbollah, tem conseguido derrotar o Estado Islâmico todo dia, recuperando cidades quase toda semana!

ESSE É O CAMINHO DA SALVAÇÃO, MEUS AMIGOS!

Nazistas rendidos.

A chama do glorioso Exército Vermelho já se apagou faz tempo. Pode até ser inspirador ver todo ano soldados russos marchando orgulhosos com foices-e-martelos em bandeiras, uniformes e grande murais, mas a verdade é que tudo isso são detalhes. Uma imposição que a história faz ao Mundo de hoje, sem dúvida, mas uma forma revolucionária com conteúdo reacionário. Putin está bem mais pra um czar que pra um Stalin. A família Kim tem dinheiro pra bancar palácios suntuosos e carros importados bonitos, mas não pra fortalecer entidades de classe em Bangladesh.

Não temos nada o que esperar; TEMOS NÓS MESMOS QUE SER AS NOVAS LUZES-GUIAS DE UM MUNDO SOMBRIO QUE IMPLORA PELO FIM DE SUAS DORES!!!

ESTAMOS CELEBRANDO 72 ANOS SEM NAZISMO! EM OUTUBRO, COM MUITA OUSADIA E VONTADE DE VIVER, VAMOS COMEMORAR 100 ANOS DA PRIMEIRA VITÓRIA DE UMA REVOLUÇÃO SOCIALISTA NO MUNDO! NÃO NOS MATARAM, NÃO NOS PEGARAM! ESTAMOS TODOS AQUI, OUSANDO LUTAR E VENCER COM A LUZ DA CIÊNCIA REVOLUCIONÁRIA RUMO À VITÓRIA COMUNISTA!
Essas são todas as palavras que tenho a lhes dizer neste dia tão querido, meus amigos. Agora é com vocês.
Até começar a ler esse post você não tinha culpa nenhuma por não saber o que aconteceu em 9 de Maio de 1945, camarada, MAS AGORA TEM! “O Conhecimento nos torna responsáveis,” já ensinava Che Guevara. Cabe a nós agora, mais do que nunca, reascender a Chama da Esperança que iluminará o nosso caminho, revelando e fulminando todos os nossos inimigos!!

FALE COM SEUS AMIGOS SOBRE A IMPORTÂNCIA DESTE DIA!
COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
DÊ A UM MUNDO FAMINTO DE VERDADE O CONHECIMENTO QUE TRANSBORDA NESTE TEXTO!!!

NÓS, COMUNISTAS, MOSTRAMOS AO MUNDO QUE O TEMIDO INIMIGO NAZISTA PODE SER, SIM, FERIDO E DERROTADO! FIZEMOS ISSO SURPREENDENDO A ESCÓRIA FASCISTA COM NOSSA INCOMPARÁVEL FORÇA DE VONTADE E SUPERAÇÃO. DESTRUINDO BRAVAMENTE UMA LENDA, NÓS FIZEMOS VENCEMOS UM INIMIGO ATÉ ENTÃO INVENCÍVEL.

NA UNIÃO SOVIÉTICA, CONTRARIANDO TODAS AS EXPECTATIVAS, RESISTINDO A TODO TIPO DE VIOLÊNCIA, ENFRENTAMOS O INIMIGO, FECHAMOS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO E VENCEMOS!
NO TERCEIRO-MUNDO, CONTRA TUDO QUE EXISTE DE MAIS SOFISTICADO EM CIÊNCIA DA OPRESSÃO, ENFRENTAREMOS NOVOS INIMIGOS, TRANSFORMAREMOS FAVELAS EM MORADIA DIGNA E VENCEREMOS PRA SEMPRE A SOMBRA DO OUTRO REGIME DE PRECONCEITO E PILHAGEM MUNDIAL!!!

FELIZ VITÓRIA, IRMÃOS E IRMÃS DE TODO O MUNDO!
CANTEM E DANCEM! NÃO IMPORTA O QUE DIGAM OU NÃO DIGAM, ESSA FESTA É DE TODOS NÓS!

VAMOS FAZER O 9 DE MAIO GRANDE DE NOVO!!!
URAAA!!!!!

 

Escrito por Rivaldo Cardoso Melo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.